avatar

Por Ricardo Monteiro

Qualidade do Conteúdo: com a otimização das campanhas por performance, conteúdo é principal caminho para conversão e geração de leads

Dentre as mudanças aceleradas pela pandemia, a ressignificação da propaganda foi uma delas.

Ouso dizer que, após a Covid-19, muitos profissionais de marketing foram obrigados a abrir

mão de estratégias somente de performance e voltar a construção de marca.

Por que? Os algoritmos utilizados para as campanhas online melhoraram substancialmente e a

planificação de on e off-line é semelhante para todos. Entendendo que as agências e

profissionais de mídia tem conhecimento e certificação semelhante, podem portanto trabalhar

bons targets e objetivos, assim o resultado tende a ser cada vez mais uniforme entre

campanhas e categorias. Nos últimos anos, vemos cada vez mais comoditização das marcas e

como consequência menores margens e investimento.

Não é nenhuma novidade que a relevância dos conteúdos esteja diretamente ligada aos

resultados. Recentemente, acompanhamos a veiculação das campanhas de PIX, entre eles o

PIX do Santander. O trabalho de comunicação foi bem estruturado e identificamos que as

buscas pelo termo SX no Google eram maiores do que a própria palavra PIX. Esse case é a

demonstração de mensagem relevante e efetiva chegando ao público no momento mais

adequado e construindo a marca. Os resultados estão presentes em curto prazo mas serão

ainda maiores no longo prazo.

As narrativas das campanhas foram adaptadas ao atual momento da sociedade, com

mensagens mais empáticas demonstrando os valores das marcas e posicionamento diante dos

consumidores. Ainda que as marcas tenham modificado o tom dos anúncios, eles continuam

com a mesma finalidade de antes: branding, conversão e geração de leads. Em um período em

que as marcas têm menos diferenciais, o branding e a qualidade do conteúdo se tornam mais

imprescindíveis.

O comportamento da audiência também se transformou e a ascensão das mídias digitais está

em voga. O aquecimento de players como Spotify, Pluto TV, TikTok, Disney+ e uma grande lista

de outras plataformas corroboram esse fato. Desenvolver conteúdos de qualidade, com

abordagem direcionada, linha criativa bem estruturada e uma linguagem simples – não

simplista -, continua sendo essencial para construir grandes histórias e jornadas com os

consumidores.

À medida que novas tendências surgem, o que sabemos é que o mercado de comunicação e

publicidade terá que se preocupar cada vez mais com a construção das mensagens,

observando os comportamentos das audiências, e mensurar os resultados, pensando em novas

formas, interações e de reforço das conversas, para potencializar os recursos investidos em

mídia e as estratégias de comunicação.

Ricardo Monteiro é CSO e COO da TunAd

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.